segunda-feira, 24 de novembro de 2008

"Construir muralhas à volta do teu coração não te protege, apenas te afasta"

7 comentários:

rainbow disse...

Isso já tu sabes à mto tempo!
Agora pôr em prática é que já são outros 500...!
Além do mais a tua ideia de que gostar é uma opção...digamos que se fosse por opção escolhias ficar sozinha, portanto o melhor mesmo é mudares essa ideia! lol

*******.v.

andrézinho disse...

nenhuma muralha é completamente fechada.existem smp aberturas e existe sempre um portão...
não acredito q uma muralha necessáriamente te afaste mas acredito q depende de ti abrir o portão ou deixá-lo fechado.

beijinhos

Anónimo disse...

É... verdade! Mas será q essa parede não é uma auto-defesa? Apenas os mais persistentes e corajosos conseguem ultrapassá-la ;) ocorre então, uma "selecção natural" das pessoas q tem acesso ao teu coração... :)

cláudia

Ruben Braga disse...

mmmmmmmhhh...
acho q se eu construisse uma muralha à volta do meu coração...protegia-me do exterior e afastava-me do exterior ao mesmo tempo...por isso...dizer q contruir uma muralha á volta do teu coração APENAS te afasta do exterior...n concordo...

existem boas e más razões para te proteger...e boas e más consequências de te proteger...e acho q te afastar do exterior é uma das más consequências...q pode se tornar boa se tiveres a proteger-te de algo mau...lol...tudo na vida é uma espada de 2 gumes...

a predilecta disse...

"O perfeito amor afasta o medo"

beijinhos grandes de saudades, minha linda

expressão disse...

hmhm!
(imagina eu a dizer isto em tom de concordância com um sorriso... :p)

as muralhas são paus de dois bicos... cabe a cada um analisar e pedir ajuda a pessoas de confiança para analisar dos prós e contras de as [muralhas] criar...
alguém rodeado das pessoas certas, faz sempre a decisão mais acertada!

grande beijinho!

Xtravagant Worship disse...

Sendo todos nós seres sociais e com a necessidade extrema de nos relacionar-mos com os outros para mantermos o nosso equilíbrio psíquico as muralhas que construímos à nossa volta do nosso coração nunca devem ser impenetráveis mas defendo que devem existir.

Devemos estar prontos a abrir pequenas brechas para dar de nós e receber dos outros. Todos nós podemos regular a frequência e a quantidade desse "fluxo relacional".

A coisa melhor quando penso nessas selecções que todos nós, inevitavelmente, fazemos é que há alguém que não deixa de nos tocar e de nos demonstrar o seu amor por nós por mais muralhas que possamos construir pois ele está num lugar alto sempre disponível para nós. E por mais que não avistemos o horizonte à nossa volta por causa das muralhas que construímos para nos protegerem Ele é o único cujo amor sempre nos alcança pois é superior a qualquer muralha ou protecção que coloquemos à volta do nosso coração. Para onde poderemos fugir da Sua face?

Já agora...se Deus nos alcança mesmo através das muralhas que construímos, porque não O deixamos controlar também as pessoas que entram na nossa vida? Quem melhor para fazer tal selecção senão aquele que melhor nos conhece, compreende e aquele que mais nos ama?

Deus te abençoe