quinta-feira, 19 de abril de 2007

Já vi tudo

Já vi tudo

Vi as cores de um jardim na Primavera; As crianças a brincarem na Neve; Vi as folhas do Outono; E o brilho do trigo no Verão

Vi o sorriso do reencontro; As lágrimas da despedida; As gargalhadas despropositadas; E a preocupação nas rugas de uma idosa

Vi cascatas de água; Cadeias de montanhas geladas; Rios e mares cristalinos; O Sol,a chuva e o arco-iris; Vi constelações de estrelas

Vi a aprovação num olhar; O amor no tocar; O orgulho numa palavra; Vi a morte e o nascimento; Vi a confiança de um filho no seu pai

Vi arranha-ceus; Palácios de encantar; Castelos de antigamente; e cidades históricas;
Vi a arte nos museus e nos livros

Vi a música nas cordas de um violino; E nas pautas de um pianista; Vi a competição pela minha janela; e a vitória através da televisão;

Vi a histeria de um povo; O sofrimento de uma nação; A fome de um país; Vi a pobreza e a riqueza

Vi manjares e banquetes; Pic-nics e jantares de amigos; Vi o borbulhar do champagne; e a espuma da cerveja

Vi animais exóticos; e a selva tropical; Vi o café fumegante; e a espera para o avião

Vi a amizade e seus efeitos; A incerteza e a coragem; Vi a paixão e o ódio; Vi a mágoa e a traição

Vi a poesia e a prosa; os livros de história; Vi corridas de bicicleta; e acidentes ocasionais

Vi todas as cores de pessoas; ouvi todas as línguas; e cheirei todos os perfumes; Vi tudo... não me resta mais nada

Só o Teu rosto

inspirado no filme Dancer in the Dark e na música I've seen it all

ouçam... vale a pena

9 comentários:

César disse...

Tanta coisa vista para te singires a apenas um rosto no fim... mantém-te a procurar novas coisas para ver e admirar e não te sinjas ao rosto do amor... ;)

Pris disse...

ah pois é...
mas quem é q disse q é o rosto do amor q eu estava a referir-me??
Tu é q ves amor em todo o lado :P

bitas disse...

gostei muito deste texto! há mesmo coisas que nos inspiram!
neste momento não posso dizer que já vi tudo... já vi muita coisa. coisas até q gostaria não ter visto.
coisas porém escapam-nos da vista... nunca conseguimos enxergar toda a dimensão da nossa existência.
procuro muitas ver aonde não posso. porém aonde não procuro, consigo ver.
mas tenho de concordar contigo, só me falta mesmo ver Alguém e é isso q mantém-me "acessa".

beijão my sis*

L.Nunes disse...

inda falta o rosto.. será referencia á profundidade de algo ou alguém?
porque o rosto é a principal referencia das emoções de alguem..!

sherazade disse...

A letra da música é simplesmente deliciosa...

Anónimo disse...

um dos melhores filmes de simpre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

renato

Tiago Franco disse...

Lembro-me quando vi esta música pela primeira vez. Foi no extinto Sol Música.
Na altura, para mim o nome Bjork era um eco distante, qualquer coisa vaga que nem sabia se seria era real ou não de tão especial que era. Depois vi, o vídeo da "I´ve seen it all". Foi por esta altura que aprendi que até os deuses mais espectaculares são feitos de carne e osso e razoavelmente falíveis: apesar de a música ser espectacular, desde essa vez já devo ter ouvido mais de meia centena de músicas ainda mais espectaculares. E "ainda não as vi todas"...

Anónimo disse...

MAS O PESSOAL ANDA TODO MALUCO OU K?
filosofia paki
filosofia pali

dv ser da idd avancada....lol

sophie

Anónimo disse...

intiresno muito, obrigado